Diego Santos

Vocês anseiam pelo dia em que homens serão homens e escreverão seus próprios devices drivers?

Python – Aula II junho 21, 2008

Filed under: Python — diegosantos @ 9:19 am
Tags:

Olá povo, depois de um tempo sumido estou eu aqui novamente. Andei um pouco corrido nesses últimos dias de modo que acabei não postando nada.

Sem enrolações vamos nós!

Algumas considerações sobre python :

+ Python é uma linguagem interpretada, não precisamos compilá-la.

+ Tipagem dinâmica, não precisamos declarar variável.

+ Não existe fechamento de blocos ( endif, {}), ao contrário da maioria das linguagens atuais, no python usamos a identação para delimitar os blocos de códigos.

Como em outros linguagens, o Python possui os tipos de dados básicos como float number, boolean, integer, mas possui também algumas mais como listas, string, tuplas, dicionário, arquivo, classes e instâncias.

Listas:
como um vetor em outras linguagens, a lista é um conjunto (ou seqüência) de valores acessados (indexados) por um índice numérico, inteiro, começando em zero. A lista em Python pode armazenar valores de qualquer tipo.

    >>> a = ["A", "B", "C", 0, 1, 2]
    >>> print a[0]
    A
    >>> print a[5]
    2
Tuplas:
tuplas são também seqüências de elementos arbitrários; se comportam como listas com a exceção de que são imutáveis: uma vez criadas não podem ser alteradas.

Strings:
a cadeia de caracteres, uma forma de dado muito comum; a string Python á uma seqüência imutável, alocada dinamicamente, sem restrição de tamanho.

Dicionários:
dicionários são seqüências que podem utilizar índices de tipos variados, bastando que estes índices sejam imutáveis (números, tuplas e strings, por exemplo). Dicionários são conhecidos em outras linguagens como arrays associativos ou hashes.

    >>> autor = {"nome" : "Christian", "idade": 28}
    >>> print autor["nome"]
    Christian
    >>> print autor["idade"]
    28
Arquivo:
Python possui um tipo pré-definido para manipular arquivos; este tipo permite que seu conteúdo seja facilmente lido, alterado e escrito.

Classes e Instâncias:
classes são estruturas especiais que servem para apoiar programação orientada a objetos; determinam um tipo customizado com dados e operações particulares. Instâncias são as expressões concretas destas classes

Por hoje é só e não irei mais demorar tanto para postar, para que os estudos possam ganhar um ritmo interessantes.

Anúncios
 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s